Segunda-feira, 24 de Junho de 2013

O Amor é para os Parvos

 

O caso é simples de narrar. Talvez tenhas adivinhado já do que se trata e a verdade é que posso resumi-lo em poucas palavras, embora não saiba bem como fazê-lo. Temo que possa chocar-te ouvir dizer aquilo que tu mesma pediste que te dissesse, mas a verdade é que há sempre muitas maneiras de contar uma história. Para mim tanto faz qual venha a ser a que eu escolher – isto não pode já magoar-me mais do que o pouco que aparentemente me feriu. O caso é que te quero poupar a ti do sofrimento que algo assim pode causar, mesmo que só o sintas tangencialmente, como uma bala que não passou demasiado próxima para te doer, mas suficientemente próxima para te ferir a pele e te tatuar a lembrança com a marca de uma cicatriz que tempo nenhum poderá apagar.

Entendes?

O caso é que temo o modo como reagirás ao que tenho para te dizer – que não é muito, é quase nada, é só o que eu sou segundo aquilo que tu queres que eu seja: não somente aquele que aqui vês, mas também aquele que fui antes e, enfim, aquele que supões que eu virei a ser por simples adição aritmética das duas partes que ficarás a conhecer. É isso, não é? É isso que queres saber. Pois é também isso que eu receio que tu venhas a rejeitar quando terminar de te contar a minha história, embora não haja já modo de voltar atrás e fazer de conta que não principiei a narrar cada um destes episódios. Agora sou eu quem quer que conheças tudo, para que não fique entre nós a sombra de uma dúvida, o muro de uma interrogação ou a barreira de uma desconfiança. Descansa que não vou obrigar-te a engoli-lo como a uma colher de óleo de fígado de bacalhau; hei-de pesar cada uma das palavras, como pepitas apanhadas à mão na margem de um ribeiro raso. Hei-de contar tudo não tal como sucedeu – porque isso não sei como foi -, mas de um modo tão claro e objectivo que, no final, não te restará mais do que acolher-me a cabeça no anteparo do teu peito.

 

Manuel Jorge Marmelo, O Amor é para os Parvos

 

publicado por Elisabete às 22:13
link do post | comentar | favorito
|

*mais sobre mim

*links

*posts recentes

* QUINTA DE BONJÓIA [PORTO]

* POMPEIA: A vida petrifica...

* JOSÉ CARDOSO PIRES: UM ES...

* PELA VIA FRANCÍGENA, NO T...

* CHILE: O mundo dos índios...

* NUNCA MAIS LHE CHAMEM DRÁ...

* ARTUR SEMEDO: Actor, galã...

* COMO SE PÔDE DERRUBAR O I...

* DÉCIMO MANDAMENTO

* CRISE TRAZ CUNHALISMO DE ...

* O CÓDIGO SECRETO DA CAPEL...

* O VOO MELANCÓLICO DO MELR...

* Explicação do "Impeachmen...

* CAMILLE CLAUDEL

* OS PALACETES TORNAM-SE ÚT...

* Tudo o que queria era um ...

* 1974 - DIVÓRCIO JÁ! Exigi...

* Continuará a Terra a gira...

* SETEMBRO

* SEM CORAÇÃO

* A ESPIRAL REPRESSIVA

* 1967 FÉ DE PEDRA

* NUNCA MAIS CAIU

* Alfama é Linda

* Por entre os pingos da ch...

* DO OUTRO LADO DA ESTRADA

* Não há vacina para a memó...

* Um pobre e precioso segre...

* Nada para mim. Portugal.

* Seis anos de divinos torm...

*arquivos

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Setembro 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Novembro 2015

* Setembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Março 2015

* Fevereiro 2015

* Janeiro 2015

* Dezembro 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Novembro 2013

* Setembro 2013

* Agosto 2013

* Julho 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

*pesquisar