Sexta-feira, 25 de Maio de 2007

OTA

      

PORTUGUESES

CADA VEZ MAIS ENDIVIDADOS

 

 

Há quem defenda que não deve “o sapateiro tocar rabecão”. Eu, por vezes, gosto de me “armar em atrevida” e falar do que me incomoda. Porque há aquilo a que se chama “bom-senso”, que é uma coisa pouco apreciada neste nosso país de políticos teimosos e especialistas com opiniões divergentes.
Vem isto a propósito da construção do novo aeroporto. O Governo e os seus especialistas querem a Ota; a oposição e outros especialistas querem Rio Frio ou Poceirão. De qualquer modo, todos parecem querer um mega-aeroporto, destruindo o da Portela.
Desculpem, mas o que me parece é que esta gente deve estar no país errado. Quanto mais se “aperta o cinto” aos portugueses, mais megalómanos são os projectos. Para servir quem?
A “sapateira” aqui, quer defender uma ideia que já viu por aí a circular a medo: Manter o aeroporto da Portela (que pode ser usado, essencialmente, para os voos de passageiros cujo destino é Lisboa) e construir um novo aeroporto, de menor dimensão do que a prevista para a Ota (vocacionado para passageiros em trânsito ou que se dirijam para outros destinos, dentro do país). Já ouvi mencionar alguns locais, mas isso não é, por agora, o mais importante. O que é verdadeiramente importante é que se pense, a sério, nesta alternativa. A mim, parece-me a solução ideal. Serve na mesma, ou até melhor, os utentes e, sem dúvida, ficará muitíssimo mais barata.
É preciso bom senso, meus senhores! Não podem construir aeroportos de G8 e reduzir a população a viver em modelo Terceiro Mundo. 
Daqui vai um abraço solidário para os povos do chamado Terceiro Mundo, que não têm culpa nenhuma de nada disto.
publicado por Elisabete às 22:04
link do post | comentar | favorito
|

*mais sobre mim

*links

*posts recentes

* QUINTA DE BONJÓIA [PORTO]

* POMPEIA: A vida petrifica...

* JOSÉ CARDOSO PIRES: UM ES...

* PELA VIA FRANCÍGENA, NO T...

* CHILE: O mundo dos índios...

* NUNCA MAIS LHE CHAMEM DRÁ...

* ARTUR SEMEDO: Actor, galã...

* COMO SE PÔDE DERRUBAR O I...

* DÉCIMO MANDAMENTO

* CRISE TRAZ CUNHALISMO DE ...

* O CÓDIGO SECRETO DA CAPEL...

* O VOO MELANCÓLICO DO MELR...

* Explicação do "Impeachmen...

* CAMILLE CLAUDEL

* OS PALACETES TORNAM-SE ÚT...

* Tudo o que queria era um ...

* 1974 - DIVÓRCIO JÁ! Exigi...

* Continuará a Terra a gira...

* SETEMBRO

* SEM CORAÇÃO

* A ESPIRAL REPRESSIVA

* 1967 FÉ DE PEDRA

* NUNCA MAIS CAIU

* Alfama é Linda

* Por entre os pingos da ch...

* DO OUTRO LADO DA ESTRADA

* Não há vacina para a memó...

* Um pobre e precioso segre...

* Nada para mim. Portugal.

* Seis anos de divinos torm...

*arquivos

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Setembro 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Novembro 2015

* Setembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Março 2015

* Fevereiro 2015

* Janeiro 2015

* Dezembro 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Novembro 2013

* Setembro 2013

* Agosto 2013

* Julho 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

*pesquisar