Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

"PEDRO I", o rei do excesso

"O país vive mal. O 25 de Abril é esperança traída. Dizê-lo é dizer um lugar-comum: uma coisa que todos sabem, mas que, por tão sabida, esquecem. Estamos na cauda da Europa. Temos dois milhões de pobres. O desemprego alastra. A juventude emigra. A Cultura transformou-se em indústria. E a política e os políticos desacreditam-se:vendem gato por lebre. Mas todos nós somos 'políticos', cidadãos responsáveis pela 'pólis', pela cidade. Desistindo, entregramos a chave ao bandido. Portugal é um país adiado, para a maioria que sofre o neo-liberalismo selvagem; para a minoria que nos explora, ainda é um grande negócio."

 

 

Manuel Poppe,

em entrevista ao Jornal de Notícias,

13 de Dezembro de 2007

 

 

 

Diplomata de carreira, o escritor Manuel Poppe, cuja actividade literária é tão variada que seria impossível incluí-la aqui, escreve aos domingos, no Jornal de Notícias, a coluna “O Outro Lado” e publicou, recentemente, a peça de teatro “Pedro I”.

 

Falar de Manuel Poppe não é fácil. A sua obra é de tal modo vasta e diversificada que me contenta deixar dois pequenos apontamentos:

 

1. Ler  as palavras de Manuel Poppe em "O Outro Lado", é obrigatório nas minhas manhãs de domingo. É com incansável lucidez que trava a sua luta em prol da cultura e da educação. Muitas vezes amargo, desiludido, com a situação do País, mas ainda acreditando que vale a pena lutar. É, para mim, um exemplo, uma referência.

 

 2. Nas suas obras (Pássaros de Vidro;  Os Amantes Voluntários; A Mulher Nua; A Aranha; A Tragédia de Manuel Laranjeira; Um Inverno em Marraquexe; Memórias, José Régio e Outros Escritores; Sombras em Telavive; etc.), o Teatro tem grande expressão. Publicou, agora, mais uma peça: "Pedro I".

 

O autor confessa, na entrevista acima, o seu fascínio pela figura de D. Pedro I - Um homem de excessos que "amou e viveu exaltadamente. Foi um apaixonado delicado e um justiceiro impiedoso. Um rei bom e um rei temido", capaz de amar, sem medo de se dar, expondo-se, arriscando, desafiando...

O melhor é mesmo ler a peça e conhecer melhor Manuel Poppe. E os outros livros dele... Manuel Poppe tem sempre algo de novo e de essencial para nos dar.

 

 

     

publicado por Elisabete às 08:54
link do post | comentar | favorito
|

*mais sobre mim

*links

*posts recentes

* QUINTA DE BONJÓIA [PORTO]

* POMPEIA: A vida petrifica...

* JOSÉ CARDOSO PIRES: UM ES...

* PELA VIA FRANCÍGENA, NO T...

* CHILE: O mundo dos índios...

* NUNCA MAIS LHE CHAMEM DRÁ...

* ARTUR SEMEDO: Actor, galã...

* COMO SE PÔDE DERRUBAR O I...

* DÉCIMO MANDAMENTO

* CRISE TRAZ CUNHALISMO DE ...

* O CÓDIGO SECRETO DA CAPEL...

* O VOO MELANCÓLICO DO MELR...

* Explicação do "Impeachmen...

* CAMILLE CLAUDEL

* OS PALACETES TORNAM-SE ÚT...

* Tudo o que queria era um ...

* 1974 - DIVÓRCIO JÁ! Exigi...

* Continuará a Terra a gira...

* SETEMBRO

* SEM CORAÇÃO

* A ESPIRAL REPRESSIVA

* 1967 FÉ DE PEDRA

* NUNCA MAIS CAIU

* Alfama é Linda

* Por entre os pingos da ch...

* DO OUTRO LADO DA ESTRADA

* Não há vacina para a memó...

* Um pobre e precioso segre...

* Nada para mim. Portugal.

* Seis anos de divinos torm...

*arquivos

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Setembro 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Novembro 2015

* Setembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Março 2015

* Fevereiro 2015

* Janeiro 2015

* Dezembro 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Novembro 2013

* Setembro 2013

* Agosto 2013

* Julho 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

*pesquisar