Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

A MELHOR DEFESA...

 

Este senhor sabe muito.

Sabe, por exemplo, que "a melhor defesa é o ataque". E, porque sabe que não tem defesa para as asneiras que faz, defende-se... atacando.

Para este senhor, que em má hora foi eleito Primeiro-Ministro, não ser a favor da construção europeia é um crime de lesa-pátria. Mas não é!

A construção europeia é uma ideia bonita, no seu início. Mas em que deu essa ideia bonita? Os grandes da Europa impõem os seus interesses e, em vez de os enfrentarmos, pomo-nos de joelhos, aceitamos tudo e até lhe facilitamos a vida preparando tratados que não defendem os nossos direitos. O senhor Primeiro-Ministro fica todo inchado pelo tratado ficar com o nome de Lisboa, mas esquece que um assunto desta importância deveria ser referendado pelo POVO PORTUGUÊS, como, se não me engano, prometeu.

Depois, prometeu outra coisa: que seria amplamente discutido publicamente. Eu não dei por nada. Vocês deram?

O senhor Primeiro-Ministro gosta de mandar sozinho, não reconhece, nos portugueses, capacidade para decidirem o seu futuro. Nem lhe interessa que eles adquiram essa capacidade. Basta ver o que o seu Governo faz a nível da Educação, que não é mais do que perpetuar a crónica falta de cultura. O que o senhor Primeiro-Ministro quer  é um povo amestrado que abane a cabeça a dizer sim a tudo o que ele decide, como convém aos ditadores.

Qualquer português tem direito a pensar diferente de si, senhor Primeiro-Ministro. E ainda bem que há quem pense! É sinal que um dia destes hão-de tirá-lo daí para fora.

publicado por Elisabete às 17:54
link do post | comentar | favorito
|

*mais sobre mim

*links

*posts recentes

* QUINTA DE BONJÓIA [PORTO]

* POMPEIA: A vida petrifica...

* JOSÉ CARDOSO PIRES: UM ES...

* PELA VIA FRANCÍGENA, NO T...

* CHILE: O mundo dos índios...

* NUNCA MAIS LHE CHAMEM DRÁ...

* ARTUR SEMEDO: Actor, galã...

* COMO SE PÔDE DERRUBAR O I...

* DÉCIMO MANDAMENTO

* CRISE TRAZ CUNHALISMO DE ...

* O CÓDIGO SECRETO DA CAPEL...

* O VOO MELANCÓLICO DO MELR...

* Explicação do "Impeachmen...

* CAMILLE CLAUDEL

* OS PALACETES TORNAM-SE ÚT...

* Tudo o que queria era um ...

* 1974 - DIVÓRCIO JÁ! Exigi...

* Continuará a Terra a gira...

* SETEMBRO

* SEM CORAÇÃO

* A ESPIRAL REPRESSIVA

* 1967 FÉ DE PEDRA

* NUNCA MAIS CAIU

* Alfama é Linda

* Por entre os pingos da ch...

* DO OUTRO LADO DA ESTRADA

* Não há vacina para a memó...

* Um pobre e precioso segre...

* Nada para mim. Portugal.

* Seis anos de divinos torm...

*arquivos

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Setembro 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Novembro 2015

* Setembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Março 2015

* Fevereiro 2015

* Janeiro 2015

* Dezembro 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Novembro 2013

* Setembro 2013

* Agosto 2013

* Julho 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

*pesquisar