Segunda-feira, 18 de Agosto de 2008

Vai um bom policial?

 

 

A mulher de branco
 
1.Já ninguém duvida de que o romance policial é um modo respeitável de expressão artística. Eu iria mais longe: certos autores atingem, nas novelas, a qualidade da obra-prima. E penso em Georges Simenon e o seu comissário Maigret; Agatha Christie e Poirot e Miss Marple; Dashiell Hammett e Sam Spade (no fabuloso “O Falcão de Malta”, por exemplo); Raymond Chandler e o Philip Marlowe de “O Longo Adeus” – aos quais poderíamos juntar o empolgante John Le Carré. Graham Green, romancista estimado e consagrado, não escreveu romances policiais ou semipoliciais? Afinal, talvez aconteça o seguinte: há novelas cuja força e profundidade se nos impõem, seja qual for a forma de expressão escolhida. Uma história apaixonante é uma história apaixonante e o que acontece é o seguinte: a “verdade” das personagens, a complexidade da teia psicológica, o dramatismo do conflito e a variedade da peripécia, que agarram e subjugam o leitor, criam pathos, emoção única. Assim, alguns desses autores, como todos aqueles extraordinários, tornam-se aliciantes e inesquecíveis. Nunca será demais lembrar que a qualidade superior de Georges Simenon deslumbrava André Gide e José Régio. Gide julgava-o mesmo o melhor romancista francês do século XX; Régio dava voltas à cabeça para descobrir como Simenon conseguia, em meia página, criar um ambiente.
 

2.Wilkie Collins (1824-1889) foi um pioneiro do género. Os especialistas consideram “A Mulher de Branco” (1859) o primeiro grande romance policial. Collins, grande amigo de Dickens e escritor de muito sucesso, deixou uma obra admirável. Há décadas, a saudosa “Romano Torres” publicou uma tradução do livro. Reeditaram-no? Duvido. Faria as delícias dos leitores.

 

Manuel Poppe, in "O Outro Lado"

Jornal de Notícias [17.08.2008]

 

 

publicado por Elisabete às 22:54
link do post | comentar | favorito
|
7 comentários:
De miss a 19 de Agosto de 2008 às 10:09
Boas sugestões para férias.
De Tommy Beresford a 19 de Agosto de 2008 às 17:38
A propósito de Agatha Christie, convido você e a todos para conhecerem dois blogs recém-lançados...

A Casa Torta: O Mundo de Agatha Christie
http://acasatorta.wordpress.com

Cinema é Magia
http://cinemagia.wordpress.com

Um abraço.

De Elisabete a 19 de Agosto de 2008 às 21:03
Muito obrigada pela vossa participação.
Vou ver os blogs que me indicou, Tommy. Com certeza que vou gostar.
Abraço
De Alda a 21 de Agosto de 2008 às 01:38
Gosto bastante de romances policiais, desde a minha juventude." A mulher de Branco" é um dos meus preferidos.
De Cristina a 22 de Agosto de 2008 às 02:19
Olá querida

Hoje vim te fazer um convite para passar lá em casa.
http://destinopasargada.blogspot.com/
Beijos no coração
De Ibel a 24 de Agosto de 2008 às 21:42
Elisabete!!!!!!!!

Estou cheia de saudades, querida amiga, mas agora temos mais uma morada, a da Cris, onde nos poderemos encontrar.
Também adoro romances policiais.
Beijinhos!!!!!!!
De Elisabete a 25 de Agosto de 2008 às 00:44
Olá, Ibel!
Já cá fazia falta.
É verdade. A Cris tem uma morada onde se encontram os amigos todos. Que bom!
Beijinho

P.S. E a saúde?

Comentar post

*mais sobre mim

*links

*posts recentes

* QUINTA DE BONJÓIA [PORTO]

* POMPEIA: A vida petrifica...

* JOSÉ CARDOSO PIRES: UM ES...

* PELA VIA FRANCÍGENA, NO T...

* CHILE: O mundo dos índios...

* NUNCA MAIS LHE CHAMEM DRÁ...

* ARTUR SEMEDO: Actor, galã...

* COMO SE PÔDE DERRUBAR O I...

* DÉCIMO MANDAMENTO

* CRISE TRAZ CUNHALISMO DE ...

* O CÓDIGO SECRETO DA CAPEL...

* O VOO MELANCÓLICO DO MELR...

* Explicação do "Impeachmen...

* CAMILLE CLAUDEL

* OS PALACETES TORNAM-SE ÚT...

* Tudo o que queria era um ...

* 1974 - DIVÓRCIO JÁ! Exigi...

* Continuará a Terra a gira...

* SETEMBRO

* SEM CORAÇÃO

* A ESPIRAL REPRESSIVA

* 1967 FÉ DE PEDRA

* NUNCA MAIS CAIU

* Alfama é Linda

* Por entre os pingos da ch...

* DO OUTRO LADO DA ESTRADA

* Não há vacina para a memó...

* Um pobre e precioso segre...

* Nada para mim. Portugal.

* Seis anos de divinos torm...

*arquivos

* Maio 2017

* Abril 2017

* Março 2017

* Fevereiro 2017

* Janeiro 2017

* Setembro 2016

* Junho 2016

* Abril 2016

* Novembro 2015

* Setembro 2015

* Agosto 2015

* Julho 2015

* Junho 2015

* Maio 2015

* Março 2015

* Fevereiro 2015

* Janeiro 2015

* Dezembro 2014

* Fevereiro 2014

* Janeiro 2014

* Dezembro 2013

* Novembro 2013

* Setembro 2013

* Agosto 2013

* Julho 2013

* Junho 2013

* Maio 2013

* Abril 2013

* Março 2013

* Fevereiro 2013

* Janeiro 2013

* Dezembro 2012

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Novembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Julho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

* Outubro 2009

* Setembro 2009

* Julho 2009

* Junho 2009

* Maio 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Fevereiro 2009

* Janeiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

*pesquisar